Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Amor de pai

Jude Law e o seu filho giro-giro! Bons genes...

 

Se há coisa que eu acho absolutamente enternecedor é um pai que diz, pensa e sente: "Os meus filhos são os melhores do mundo" e o demonstra constantemente, independentemente da hora ou do local. O amor paterno é algo que me derrete o coração aos extremos da pieguice e acho absolutamente lindo ver um pai com o filho ao colo, um pai a brincar com o filho, um pai a mimar o filho. E num só gesto temos mais uma prova de que os homens não são aqueles seres frios, distantes e desligados que por aí se diz.

O instinto paternal é uma daquelas coisas quase divinas. Porque nós as mulheres (Ok! Eu devo possuir um qualquer erro de programação!) parece que vimos geneticamente programadas com esse instinto maternal e com o amor incondicional a um (ou mais) novo ser, ao ponto de sermos capazes de nos anularmos, a nós e à nossa vida, por uma outra vida. Conseguimos ser mãe e pai. Incansáveis, nos cuidados, na protecção, na educação e no amor. As verdadeiras mulheres e, portanto, as verdadeiras mães, fazem um trabalho magnífico, não fossem elas Mulheres, esse gigante que tudo domina, tudo vence e tudo resolve. Mas há pais que são uma dádiva divina. E que fazem um trabalho tão bom ou melhor que as mães. E que, com isso, me derretem o coração e quase me fazem pensar: "Se ser pai é tudo isto, então vale a pena ser mãe".

Um bem haja aos papás deste mundo que amam sem limites.

 

1 comentário

Comentar post