Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Estou prestes a tomar uma decisão importantíssima


E se, durante o mês de Junho, eu me tornasse a menina mais bem comportada e poupadinha de sempre, e decidisse, assim num acesso de loucura inexplicável mas racional, não comprar uma única pecinha de roupa, que é como quem diz, nem sequer pôr um pézinho na Zara para não cair em tentação (com todas as outras lojas posso eu muito bem)?

E se eu conseguisse isto, em prol de uns belos investimentos no período de saldos de verão que, afinal, já nem tardam muito?

Amanhã é dia 1 de Junho, que tal arrancar já com esta ideia e torná-la um objectivo e uma missão terrível de levar a cabo, mas possível de concretizar?

Quem está comigo, que ponha o dedo no rato!

 

Quando a realidade dói mais que a mais dura das ficções

   Não acho que o Gianni seja mais especial do que qualquer outra pessoa que teve de lutar contra esse bicho assustador chamado cancro. Não acho sequer que ele tenha lutado contra o bicho de forma mais corajosa que todos os outros lutadores, nem considero que as suas palavras sejam ou tenham sido diferentes das que todos os que passam por situação idêntica e sobrevivem nos podem oferecer. O que o torna especial é ter sobrevivido. Mais do que ter lutado, é ter ganho essa luta, que tantos perdem diariamente. E isso torna-o tão especial como todos e cada um dos sobreviventes. 

   O que o Gianni tem que os outros não alcançam é o fato de ser uma figura pública e, provavelmente, ser ua das criaturas mais bonitas deste mundo e arredores. E o que o Gianni pode fazer é aproveitar tudo isso, incluindo a beleza, para fazer a sua mensagem chegar mais longe e mais forte, fazendo acreditar que acreditar até ao fim é precisamente o maior dos trunfos que podemos ter. Isso e uma fé inabalável seja lá no que for que acaba mesmo por trazer a salvação. 

   As palavras do Gianni são tão poderosas como as de qualquer ser humano doente. Porque são a prova de que continuar por cá é possivel e a melhor coisa do mundo. Isso e ouvi-lo dizer que vai amar para sempre a ex-mulher com uns olhos que brilham tanto como o sorriso. 

Instapictures da semana #7



Blusa Zara SS13; blazer Zara SS12; calças BSk very very old; sapatos Zara SS13


Quando o vento não nos deixa aproveitar a hora do almoço junto ao rio, ficamos no carro a aquecer os pézinhos


Calças Zara SS13; sapatos Blanco SS12


My little boy


Ready para um treino de localizada



Esta semana plantei morangos. Resta-me esperar para os ver crescer


Iogurte natural com fruta fresca. I`m loving it


Cabelo pronto para o jantar de beneficiência 2013


Marshmallows yummi yummi


A vida é como entrar numa casa-de-banho: nunca se sabe o que vamos encontrar!


Make up time!


The dress


The dress in me


A chegar a casa e só a pensar nas poucas horas de sono que me restavam


Não gosto de jantares com muita tralha na mesa


A sobremesa


Um look que não me canso de repetir. Tudo Zara SS13


Hard working friday


Amanheceres @ 6.20 a.m.


Há mais de 15 anos comigo


Saturday morning é morning de treino


Sábado foi o 1º dia de perninhas ao léu


Goodnight world


O gato da deserta rua do Almada


Loja "A vida portuguesa", uma agradável descoberta


Fresh flowers in my bedroom

Há mais vida na Baixa


































De vez em quando sabe bem sermos turistas na nossa própria cidade. Pegamos na máquina fotográfica, num calçado confortável e numa roupa leve e partimos à descoberta de cantinhos ainda desconhecidos, para acabarmos sempre surpreendidos.

Hoje a baixa do Porto estava especialmente bonita e barulhenta, com mercadinhos de antiguidades e produtos em segunda mão, música, cores, cheiros e muita gente sorridente. Venham mais dias assim, porque é disto que o nosso povo precisa.

Já cheira a verão

   Gosto de cheiros que nos trazem recordações e memórias e nos transportam para determinado lugar, quase sempre agradável. De entre os vários cheiros que retenho na minha memória olfativa, há alguns que transpiram apenas e só verão, calor, longos dias quentes de sol. Nos últimos dias já tenho sentido alguns deles...o cheiro a melão quando se abre o frigorífico, o cheiro a sardinha assada, o cheiro do protetor solar na pele depois de apanharmos sol (abençoada casa com abençoadas varandas e terraços carregadinhos de sol só para mim!), o cheiro da própria pele bronzeada pelo sol...

   Já me cheira a Verão e isso faz-me sentir tão bem!

Coisas nossas

   «Ou imagine que vem uma equipa de peritos a sua casa e que só deixam ficar as coisas que têm impressões digitais suas com um máximo de um ano de idade. Tudo o que não tivesse tocado há mais de um ano seria levado para vender na feira da ladra ou no eBay ou dar a quem precisasse.

   A mim custa-me imaginar o que aconteceria à minha biblioteca se levassem todos os livros que não abro há mais de um ano. Parece-me que posso vir a precisar de todos, várias vezes. Gosto que estejam aqui, de olhar para eles.»

"Como é linda a puta da vida", MEC

 

Pág. 1/4