Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Alguém lhes lembre que são crianças

   Costumo dizer que, apesar de trabalhar com crianças, só três ou quatro são verdadeiramente crianças. Há pouco tempo, em conversa "informal" com algumas crianças de 10 anos, a palavra "bonecas" veio à baila e pareceu ofender gravemente aqueles pequenos que me rodeavam. A maioria ficou totalmente escandalizada quando lhes perguntei se não gostavam de brincar com bonecas, as meninas, e outras brincadeiras equivalentes para os meninos. Os animos exaltaram-se com comentários do tipo "Bonecas? Fogo isso é para criancinhas". O clima incendiou-se ainda mais quando eu proferi as palavras proibidas: "Mas vocês SÃO crianças!! Vocês têm 10 anos!". Foi o escândalo total! Naquele grupo, apenas uma criança saiu em minha defesa e do alto dos seus 10 anos de uma maturidade por vezes assustadora afirmou: "Qual é o mal? Eu ainda brinco com bonecas!". De facto, esta menina foi a única maior de 7 anos que pediu brinquedos para prenda de Natal.

    E é isto que me assusta. Esta falta de infância, esta negação daquilo que são: crianças!!! Que outra coisa poderiam ser aos 10 anos?

   Eles não brincam. Não brincam aos 10 e não brincam aos 9, nem aos 8...porque para mim, PSPs, PS3 e Facebooks não é brincar. É entrar demasiado cedo num mundo que ainda não conseguem compreender verdadeiramente.

   Serei a única a achar isto preocupante? Serei a única a achar que é preciso mudar alguma coisa?

 

 

 

2 comentários

Comentar post