Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Adeus verão

IMG_4371.JPG

Agora sim, a minha rentré. O regresso definitivo ao trabalho, às rotinas diárias, às dores de cabeça sem a quela certeza reconfortante do "aguenta que não tarda nada estás de férias". É certo que ainda tenho uma semana de férias no Natal, mas as verdadeiras férias, aquelas por que ansiámos todo o ano e as que nos fazem tão bem quanto sabem são mesmo as de Verão.

Por isso, está na altura de voltar à vida real e a tudo o que ela trás consigo. E está na altura de abrirmos a porta ao Outono, sempre com a sensação de que os dias de verão foram escassos e curtos do que a longa temporada de cinzento e frio que aí se avizinha.  

Adeus Verão. Adeus férias. Adeus dias compridos e a cheirar a calor. Adeus roupas leves e não tarda nada, adeus pele morena e aquecida pelo sol. 

Aviso já que nos próximos tempos o meu mau humor vai andar de mão bem dada com o meu mau feitio.