Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Daqueles momentos...

happiness.jpg

(...) tive um daqueles momentos que pedem sem vergonha o adjectivo «perfeito». Senti, então, que a vida resolvia sempre todos os problemas que colocava. Que mais tarde ou mais cedo, por mais cicatrizes que acu,ulasse, estaria ensopado em Primavera a pensar que tinha valido a pena. Que tudo vale a pena. Que cada átomo está onde deve estar. Que o estar ali naquela altura era sinal de que tudo o que fora feito e dito, de que todos os falhanços, todos os acidentes, todo o desespero e solidão, todo o escuro percorrido, todo o fel que tivera de engolir, toda a imperfeição, faziam sentido. Que todos os desastres que me ocorreram foram, afinal, anjos disfarçados que me levaram até ali.

"Manual de Felicidade para Neuróticos", Nuno Amado