Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

E não é que eu gosto de expor o meu suor?

   Eu sou uma pessoa socialmente reservada. Não gosto de grandes confusões e quando entro em terreno novo não sou do tipo que facilmente se dá e se mostra. Prefiro manter-me no meu cantinho, a observador, estudar e tirar as medidas e aos poucos e se a coisa realmente valer a pena, então vou-me mostrando. Sou assim em quase todas as situações da minha vida... se entro numa sala cheia de gente pela primeira vez, é provável que me encontrem mais lá para o fundinho, pouco comunicativa e interventiva mas atenta! 

   Mas há uma excepção para este comportamento: o ginásio! Dei por mim hoje a pensar nisso ao sair de mais uma aula. Se me querem encontrar numa aula de grupo procurem-me bem lá na frente, onde a exposição é total, não só a todo o grupo como também ao próprio professor. Independentemente da experiência que tenha nessa aula, é à frente que eu estaciono! E é ali que eu gosto de estar. 

   Alguém explica isto? Eu sei que não é relevante, mas que é curioso, é.