Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Em noites quentes...

   Nas noites de calor há quatro coisas que nunca falham: os grilos a cantar, o cheiro a calor (não dá para descrever, mas todos o conhecem), as crianças a brincar na rua e as pessoas que saem à rua e se sentam num qualquer muro ou vão de escadas, o importante é estar na rua. 

   Gosto de todos eles. Gosto de os sentir chegar e de ver e ouvir, porque marcam definitivamente o fim dos dias curtos e frios e anunciam a chegada da melhor altura do ano, que é aquela em que tudo é mais quente, mais longo e mais leve.

   Escrevo este post dentro de casa, embalada pelo cantar dos grilos e de janelas abertas para deixar entrar o cheirinho a noite quente. As crianças da rua já recolheram, mas estiveram lá e animaram o cair da noite - é uma chatice mas a idade ainda obriga a cumprir horários legais de recolher apesar de amanhã ser feriado e as aulas estarem mesmo a terminar. Não preciso de ir à varanda para saber que há-de estar alguém sentado no murinho aqui em frente, ou no terraço da casa que fica do outro lado da rua. Há coisas que não precisam de ser comprovadas para sabermos que existem e que marcam locais e épocas. Há coisas que existem para nos mostrarem que a vida ainda pode ser previsível e boa e que há coisas que são intemporais, aparentemente insignifcantes, mas cheias de significado e sentido na vida. O que as noites quentes trazem são exemplos disso. Em todos os tempos, por todos os tempos, haverá sempre noites quentes como esta e com isto. E isso deixa-me tão, mas tão satisfeita.

Boa noite!