Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Luto

Rezar não é ajoelhar nem é falar nem é esperar. Rezar é lutar. Não é por acaso que depois de morrer alguém de quem se gosta se faz o luto. Luto. Ouve bem, lê bem: sente bem. Luto. Luto. Luto de lutar. Porque depois de te morrer quem amas ou simplesmente gostas tens de lutar. Lutar como um cão, um boi ou como uma vaca. Lutar como todos os animais do mundo lutam para sobreviverem por sobre a morte: por antes da morte. Lutar. Rezar é lutar, mexer, crer: querer. Lutar é acreditar. Mas fazer alguma coisa com esse acreditar. Acreditar de joelhos é parar. E parar é morrer.

"Eu sou Deus", Pedro Chagas Freitas