Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Das coisas que un não percebo (mas até lhes vou dedicar um post!)

Skyr-o-novo-iogurte-saudavel1.jpg

 Calma! Não fujam já! Prometo que este não é mais um post sobre as maravilhas ou desmaravilhas do iogurte mais falado (e quer-me parecer que mais comido! de sempre). De facto, este é um post sobre todos os posts, comentários, textos, publicações e afins que se têm feito por aí numa espécie de movimento "anti-skyr". Até Miguel Esteves Cardoso se deu ao trabalho de lhe dedicar uma crónica pouco simpática e cá para mim quando um escritor que até sabe escrever e dizer umas coisas engraçadas se debruça sobre um iogurte das duas uma: ou a inspiração escasseia, ou este é provavelmente um dos produtos mais inteligentemente colocados no mercado dos últimos tempos!

Se meio mundo adora estes Skyr do céu (belo trocadilho, hein?), a outra metade cai-lhes em cima como se fossem uma espécie de jihadistas dos iogurtes! Que são queijo e não iogurte, que são caros, que é o mesmo que comer quark, que são super sem sabor, que parece que estamos a comer sabonete, que são espessos, que têm adoçantes, que têm proteina a mais, que isto e aquilo e o pior de todos os mundos.

Ora muito bem, para mim a coisa é bem simples: como em tudo na vida alimentar, não gosta não come!!! Fácil assim!! É preciso dizer-mos a todo o mundo que não gostamos e apontar um dedo acusatório a quem os consome e, ainda por cima, gosta do seu sabor?? Mas será este o primeiro alimento de que nem toda a gente gosta??? Nem é preciso responder, certo?

Eu assumo-me consumidora de Skyr. Grande consumidora até. Porquê? Porque gosto, admirem-se só e pasmem-se mais, gosto da versão natural, essa mesmo que sabe a sabonete. Gosto deles porque são espessos, porque são azedos, porque me saciam, e só depois porque têm um significativo aporte proteico. Até podem ser queijo. Chamem-lhe o que quiser. Eu gosto de Skyr e não gosto de queijo nem de sabonetes. Quem não gosta, não compra, não come, mas também não precisa de escrever a cortar na casaca dos pobres coitados dos queijos com pretensão a iogurtes proteicos com sabor a sabonete.

A fama e o excelente marketing já ninguém lhes tira. Afinal, já dizia o povo: falai de mim, bem ou mal, falai de mim...

 

Olha o iogurte do bem!

   Não sei se já perderam 10 minutos do vosso tempo a analisar as tabelas nutricionais do iogurtes que estão no mercado. 

   Eu já o fiz algumas vez e consigo sempre assustar-me, especialmente quando passo para os iogurtes supostamente mais saudáveis (vulgo "light"), que nos deveriam oferecer opções boas e equilibradas especialmente nas quantidades de açúcar e gordura, mas que muitas vezes são bombas calóricas! 

   Sendo eu uma monstruosa consumidora de iogurtes, analisar esta composição nutricional é uma prioridade para mim e depois de muito procurar e me desiludir já há algum tempo que me mantenho fiel às coisas simples: iogurtes magros, sempre! E, salvo raras excepções para desenjoar, os iogurtes cá em casa são sempre naturais magros (não açucarados). Depois de muito procurar encontrei as minhas duas opções que me pareceram mais saudáveis: o iogurte natural slim da marca continente e o grego natural ligeiro do lidl. O pingo doce também tem uma opção grego light com um pouco mais de gordura, comparativamente com os do lidl. 

5581582.jpg

18438269_vwHlI.jpeg

iog-pd.jpg

 

   Quanto aos iogurtes líquidos, que não aprecio tanto mas que por vezes bebo para um lanchinho mais rápido e ligeiro, tenho-me virado também para os slim da marca continente, já que acho todas as restantes opções excessivamente doces, especialmente os Corpos Danone ou Activia. 

5347321.png

 

 

   Fugindo dos iogrutes lácteos, confesso que sou adepta de um bom yofu, nomeadamente os da Alpro Soya, natural ou de coco. Os dos restantes aromas são deliciosos é certo (e o lidl tem uns igualmente saborosos e bem mais acessíveis) mas mais uma vez muitos deles têm quase dois pacotes de açucar lá dentro! 

   Nem sempre é fácil escolhermos os melhores iogurtes, mas a regra é quanto mais simples e menos cor e sabores tiverem maiores as garantias de estarmos a comer algo minimamente saudável. Tudo o que tem na embalagem as palavras "cremoso", "pedaços" ou "tentação de" ou aqueles que nos prometem sabor a cheesecakes e doces que tais está mais que visto que, apesar de poderem ter um sabor agradável, estão cheio de tudo o que nos faz mal!

 Gostava de conhecer as vossas escolhas, porque a partilhar é que aprendemos e descobrimos coisas novas!