Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Actualizando

 

O Natal já se foi e mais só para o ano. Correu tudo pelo melhor, comi tudo o que nunca comi nos outros anos (bolo-rei, figos, legumes e farrapo-velho), rimos, falámos, ginasticamos comandados pela Wii, vimos filmes, passámos o cão de 22 cm de mão em mão infinitas vezes, trocámos prendas...Neste campo o Pai Natal foi generoso e trouxe só aquilo que eu realmente queria e gosto. A saber: um perfume, uma caixinha de madeira pintada à mão, o livro do Saramago, uma carteira, uma base, a edição especial do Buzz e um vestidinho, mais as prendinhas sempre simpáticas dos meninos do meu trabalho.

 

Entretanto, o sábado foi sorridentemente passado numa sala de cinema. A escolha? Perfeita para a época. São amorosos, amorosos, amorosos, engraçados, queridos e fofinhos. E as Esquiletes fazem a versão perfeita do Single Ladies da Beyonce. Um bem-haja para os filmes que nos fazem rir, inocentemente!

  

Posto isto, assim termina a época natalícia e se regressa ao trabalho amanhã, vivendo os últimos 4 dias de 2009.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.