Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Que se passa contigo mundo?

  "Felizmente atingi um nível em que já não terei que regressar para aprender mais lições, mas, tristemente, não estou satisfeita com o mundo de que parto pela última vez. Todo o planeta está em perigo. É uma altura muito delicada da história. Abusámos da terra durante demasiado tempo, sem olharmos às graves consequências. A humanidade fez cair a destruição sobre a dádiva do jardim de eus. Armas, cobiça, materialismo, vontade de destruir. Tornou-se o catecismo da vida, o mantra de gerações, cujas meditações sobre o sentido da vida se tornaram perigosamente distorcidas.

   Acredito que a Terra cedo corrigirá estes malefícios. Devido ao que a humanidade fez, haverá tremendos tremores de terra, inundações, erupções vulcânicas e outros desastres naturais numa escala nunca antes vista. Por causa daquilo que a humanidade esqueceu, haverá inúmeras baixas. (...) De que outra forma poderão as pessoas ser despertadas?"

Elisabeth Kubler-Ross, "A roda da vida"

Porque precisamos de perceber o que se passa na loucura deste mundo. Sismos, tsunamis, cheias, temporais, frio, tempestades...Que se passa contigo mundo?

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.