Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

O meu guarda-vestidos

 

   Preciso urgentemente de um daqueles serviços "arrumo o seu closet" que inclua, já agora, o dito closet ou, no mínimo, um espaço extra no meu guarda-vestidos! Eis que hoje andei a arrumar o meu guarda-vestidos e constatei que ele é de facto um guarda-VESTIDOS. Estava até entretida a contá-los, quando o embaraço me fez parar no vestido número 24 ao verificar que ainda havia mais! Perante este número e toda a restante parafernália de camisas, túnicas, casacos, calças, saias, camisolas, tops e até fatos (dos quais nunca consegui gostar, sobretudo no formato pendant calça-casaco), não há espaço nem para mais um travessão para o cabelo neste quarto.

 Posto isto, achei por bem ter uma conversa séria com a minha mummy. "Mummi, mummi, tu lembraste quando eu era pequenina e fofinha e tu me davas sempre uma roupinha nova na Páscoa? Um conjuntinho completo...e depois iamos passear para a foz e o pai tirava-me fotografias giras (Portugal do século XX era assim!)...Mal posso esperar para irmos escolher a roupa nova que me vais dar na Páscoa deste ano!" E lá fui eu a sonhar com uns vestidinhos giros pelos quais os meus olhos se apaixonaram...

 

P.S- Sapatos? Também já não há espaço para os guardar. Mas isso é porque o meu pai tem mais sapatos do que eu!