Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Um sorriso, por favor

 

   Se eu mandasse um bocadinho que fosse no caos que é este mundo também propunha e impunha uma pequena mudança. Ora então, todo o cidadão do mundo seria obrigado a caminhar pela rua ou por onde quer que fosse e se apresentasse com um sorriso na cara. Em Portugal, e porque somos especialistas em caras carrancudas e fechados de "por favor não me incomode que a minha vida é bem mais dura que a sua", quem não cumprisse este pequeno grande gesto pagaria uma multa, já que o factor monetário parece ser a melhor forma de impôr qualquer coisa neste país.

   E isto porquê? Mas afinal, alguém tem culpa do nosso mau humor aka mau feitio inchado pelo pessimismo e dramatismo? 

   É que, ainda que parecendo um gesto fácil e banal, escasseia por essas faces com que nos cruzamos. Eu mesma passo a vida a repetir a mim própria: "Sorri miúda! Hoje é difícil? Experimenta. Vais ver que te habituas." E parecendo que não, com um sorriso, tudo fica bem mais simples.

   Hoje não têm motivos para sorrir? Mas quem disse que para sorris são precisos motivos? Estamos aqui. não vos chega?

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.