Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Vamos facilitar isto

 

 

   Para concorrerem a este passatempo (TOCA A CONCORRER!) podem fazê-lo através do email já indicado ou se preferirem podem fazê-lo directamente aqui no blog, através da área de comentários.

   Agora não têm desculpa para não concorrerem!!!

Passatempo "Saber Viver..."

 
   Hoje recebi a revista Saber Viver de Julho em casa e que bem que sabe (obrigada! Obrigada!). Para que também vocês possam ter a oportunidade de conhecer e folhear esta renovada revista e porque não gosto de ser invejosa, temos a oportunidade de oferecer a um(a) leitor(a) deste blog 6 meses de assinatura grátis desta revista. Não é uma boa notícia? Receber a revistinha no sossego do nosso lar e ainda por cima totalmente grátis durante 6 meses.
   E então, o que preciso fazer?
   Muito simples! Pois que a revista se chama "Saber Viver" e brinda-nos com dicas para sabermos viver de forma útil, trendy e realista. Por isso, o que eu quero é que partilhem mais dicas daquilo que é "Saber Viver". A forma é simples: basta completar esta frase
 
«Saber Viver é...»
  
   A resposta mais original e que nos ensine realmente a saber viver será a vencedora e receberá em casa esta revistinha durante 6 meses.
   Para concorrer basta enviar as vossas respostas para o e-mail pequenos_nadas@hotmail.com até ao próximo dia 29 de Junho (sexta-feira).  
 
Toca a participar para ganhar e descobrir novas formas de Saber Viver! 
 
Mais uma vez o meu muito obrigada a quem me proporciona a oportunidade de fazer este primeiro passatempo deste blog.

Fui tirar um dente do ciso

   Saber que tinha consulta marcada para hoje foi um countdown de sofrimento por antecipação. Escusado será dizer que assim que me sentei na cadeira, o meu corpo tremia por todo o lado, tal era o estado de ansiedade em que estava. No que à extracção de dentes diz respeito, lembro-me de tirar um de leite. Dores de dentes nunca tive, por isso para mim o dentista sempre foi um local para consultas de rotina e um ou outro tratamento de cáries. Dizerem-me "tem de tirar os 4 dentes do ciso" foi um choque para mim (maior do que a notícia seguinte: tem de usar aparelho durante 2 anos). Conclusão: se tem de ser, vamos lá, mas vamos muito, muito nervosas.

   Litros de anestesia depois (e as seringas cada vez me fazem menos impressão), toca a ir de alicate e a sentir o cérebro a mexer. Cinco minutos depois ouço "já cá está fora. Ora deixe ver...nem vai precisar de pontos". E eu a pensar "é isto? Dois abanões e sai logo?". E foi mesmo só isso. Por momentos tive vontade de dizer "Tire já o do outro lado", mas o dentista tratou logo de esclarecer "pelo menos 15 dias até tirarmos o outro".

   E pronto. Ainda estamos anestesiados, mas já começo a sentir alguma dorzita, que tratarei já de atacar com brufens. Depois é só ter muitos cuidados pelo risco de infecções, não comer alimentos quentes e abusar dos gelados (só por isto, quero já tirar os 3 que restam). E espero poder continuar a dizer que tirar os dentes do ciso não custa nada!