Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

«De Profundis», José Cardoso Pires

«Memória, Memória Descritiva e, daí, Memória duma Desmemória poderia chamar-se a este relato se o rigor científico me tolerasse um título de metáfora tão esguia e o gosto da escrita o não rejeitasse por exibicionismo fácil. Todavia, culpa minha, foi na memória ou na tragédia da memória que, com maior ou menor erro, concentrei o acidente vascular cerebral que acabo de redigir. Se esse enfocamento é aceitável do ponto de vista neurológico não sei, mas foi a experiência sofrida que mo ditou na interpretação forçosamente diletante em que a tentei descrever.»

__________________________________________________________________________________

   Há muito tempo que andava curiosa por ler este livro e assim que o encontrei em formato ebook achei que era a inauguração perfeita pelos caminhos dos ebooks. Certo é que não me desiludi. Um livro breve, de fácil leitura e que nos leva pelo terrível mundo das consequências de um AVC.

12.12.12 - factos insólitos

Diz que o mundo ia acabar hoje (tenho de ter cuidado a empregar o verbo porque ainda faltam umas horitas até à meia noite) ou começar a acabar ou lá o que era. para já ainda cá estamos e nada de especial aconteceu hoje. No entanto, hoje, em pouco mais de 1h soube dequatro...hum...factos, no minímo curiosos. A saber:

   Facto no.1 - ouvi na rádio que o último hit de moda são leggins para homem a que chamam originalmente "meggins". Confesso que fiquei um bocadito assustada. Se nunca fui adepta das leggins enquanto peça de roupa para mulheres, chego a temer pôr os meus olhos num homem que envergue tal modelito, quem sabe com uma camisa com "as fraldas de fora".

   Facto no.2- li na capa de uma pink press este comentário: "se não tivesse sido violado era homossexual", acompanhado de uma foto de um ser aparentemente de sexo masculino nu com botas de salto vermelhas calçadas. Claro que só posso estar a falar do habitual José castelo Branco. What else? É que nem consigo comentar.

   Facto no.3 - Mário Soares veio dizer para a televisão que Portugal nunca passou por um período de tanta fome como agora. Não estará o avozinho de Portugal a começar um quadro demencial? Eu que trabalho com idosos diariamente ouço precisamente o contrário: isto está muito difícil agora mas no nosso tempo de novos já passamos por muitas mais dificuldades. É isto que eu ouço. Isto e os relatos dos tempos da guerra e do racionamento...Só o Mário Soares é que não se lembra disto.

   Facto no.4 - vi no telejornal o Papa Bento XVI sentado num bruto cadeirão posicionado numa sala enorme enquanto passava  o dedo por um tablet e enviava a sua primeira mensagem no twitter. Depois do facebook, também no twitter...de facto, parece-me algo fundamental para um líder da Igreja. 

   Decididamente, é  fim do mundo!

The black issue

Sou e sempre fui fã assumida e incondicional do preto e dos looks pretos. No entanto, tenho sempre alguns problemas na hora de escolher os looks pretos ou determinadas peças pretas. Por exemplo, sapatos pretos, sandálias pretas, botas pretas (a terrível luta outono inverno deste ano), uma carteira preta, blusas pretas, camisola pretas... São tudo coisas que gosto ou gostaria de ter mas que nem sempre tenho! É terrivelmente difícil para mim escolher estas coisas em particular...neste momento ando numa batalha em busca das botas pretas, de uns sapatos pretos e de uma carteira preta...sendo uma cor absolutamente universal, não se percebe o porque ser tão difícil para mim fazer escolhas em negro. A luta continua.

Querido Pai Natal...#5

E estas Pai Natal, que dizes? Gostei da camel e da preta (e nada da roxa). Gosto delas porque são...diferentes. Vistas ao vivo são giras...e diferentes!

Ah, estão na Parfois, por 29,90€.