Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

A nossa casa é o seu coração*

 

   No Amor, às vezes, esquecemo-nos que o mais importante é ser amada incondicionalmente, porque é isso que nos ensina a amar. E quando nos amam assim, amam-nos por completo. É um Amor que perdura, que quebra barreiras e percorre milhas só para nos ver, só para nos amar, só para dar, só para se entregar a alguém. E quem é amado assim só pode ser a pessoa mais feliz do universo, ainda que, muitas vezes, demasiadas, não reconheça a benção com que foi brindada. Mas a vida sempre se encarrega de nos dar lições e no dia, naquele dia negro, no qual nada parece fazer sentido e as forças não parecem sequer suficientes para nos erguermos da cama, nesse dia, quem nos ama está lá, dá-nos a mão ou um abraço, ou os dois, ou tudo, e faz-nos sorrir. Sempre. No dia em que erramos, esse Amor perdoa, mesmo quando não pedimos desculpa. No dia em que só nos apetece estar sozinhos, esse Amor respeita-nos sem se sentir atingido. No dia em que choramos, esse Amor dá-nos colo. No dia em que sentimos que falhamos, esse Amor beija-nos a testa. No dia em que sentimos a dúvida, esse Amor dá-nos a certeza. A certeza de que a nossa casa é no seu coração, pois é ele que nos protege, nos aquece, nos ensina e é só dele que precisamos quando afastamos tudo o resto.

 

   Um Amor assim não é submissão. É entrega sem medo, como só quem ama verdadeiramente é capaz de o fazer. Um Amor assim é para manter por perto, pois é ele que nos põe o coração a bater e a alma a sorrir. E amar assim está reservado àqueles seres mesmo especiais e únicos, com os quais alguns de nós têm a sorte de se cruzar alguma vez na vida. É que assim que entram no nosso mundo tudo muda. Com o Amor. E pelo Amor.

 

*E antes que me acusem de plágio, eu sei que o novo livro da Margarida Rebelo Pinto tem um título semelhante (O teu coração é a minha casa). E sim, inspirei-me nesse título. A Margarida que me perdoe, mas ela é senhora de não se importar com isso. 

 

3 comentários

Comentar post