Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Carta ao Pai Natal (ou a quem me quiser mimar por esta época)

 

   Pronto, pronto Pai Natal. Vou-te facilitar a vida, afinal tu já és velhinho e precisas de algum descanso. Assim, vê lá como é simples fazeres-me feliz: em vez de andares numa correria, qual fêmea em período de saldos, e de me pores de cabeça a ferver enquanto decido o que mais gosto quando afinal gosto de tudo, ofereces-me um vale presente Zara, de valor ilimitado!!! Que grande ideia não é? E simples, simples!