Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Se eu podia viver um Natal sem prendas?

 

 

   Podia. Mas não era a mesma coisa. Não era mesmo.

   E não venham com a treta do consumismo e do verdadeiro significado do Natal, porque esse significado é construido e vivido individualmente. No meu Natal há prendas e sempre à meia-noite. Já faz parte da nossa tradição e é assim que vale a pena viver o Natal. Com sorrisos.