Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Um menino com M grande

 

   Uma pausa para o lanche permitiu-me ficar a conhecer, via TV, um menino com M grande.

 

   O Rafael foi acolhido pela Ajuda do Berço ainda em bébe. Viveu lá os primeiros anos da sua vida até encontrar um pai. Esse pai, solteiro, adoptou-o há 5 anos atrás. E só isto já é digno de referência e louvor.

   A história continua.

   O Rafael soube que a instituição que o acolheu quando todos o renegaram estava com graves dificuldades financeiras e que, por isso, corria o risco de fechar portas.

   O Rafael achou que muitas crianças precisavam do carinho, do amor e do colinho que tão bem lhe fizeram.

   O Rafael tinha "um pé de meia", de mais de 475 euros.

   E o Rafael doou TODO o seu dinheiro à Ajuda de Berço.

   Eu digo que isto diz muito do Rafael. Mas também diz muito da própria instituição, caso contrário, uma criança não teria um gesto tão nobre quanto este. E digo que isto sim é solidariedade.