Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Não posso gostar de tudo o que é o Natal

 

   Também não gosto do ritmo frenético a que as pessoas vivem estes dias que antecedem a véspera de Natal. Arrisco-me até a dizer os momentos que antecedem a hora de se sentarem à mesa e desfrutarem do Natal.

   Por estes dias está tudo cheio de tudo: as estradas cheias de carros com condutores impacientes, as ruas cheias de gente à procura do melhor presente, as lojas cheias de pessoas desesperadas não por um presente mas por algo para oferecer a alguém, que por estes dias e com o calendário a apertar já qualquer coisa serve.

   E o Natal passa e eles nem se apercebem e não sabem a falta que a magia faz na nossa vida.

1 comentário

Comentar post