Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

E para acabar o ano em beleza

Emily Blunt

 

 

   Depois de quase uma semana de maleitas e sem descidas na minha temperatura corporal, decidi pôr rodas ao caminho e apresentar-me numa urgência, de um hospital privado. A avaliar pelo cenário com que me deparei, quando o privado se encontra naquele estado, temo por aqueles que se aventuram num hospital público. Esperas à parte, um diagnóstico rápido, afinal não deveria apresentar sintomas muito diferentes dos sintomas de 99% das pessoas que lá se encontravam. Assim só para animar a coisa e porque o paracetamol com que tenho intoxicado o bucho não parece suficiente, toma lá uma injecção nas veias, que foi coisa para me pôr logo em estado de alvoroço. Felizmente continuo na confirmação da minha suspeita de que, actualmente, os enfermeiros são mestres das picas, já que praticamente nem sentimos que nos estão a encher o corpo de drogas. Tudo muito giro, agora vamos esperar que lhe faça efeito, não sem antes eu especular quanto a um suposto cheiro a queimado no local, que, imagine-se, não era cheiro, mas sabor, causado pela própria injecção. E pronto, nova visita ao sr.doutor, que diga-se estava com muita pouca vontade de trabalhar e de falar, que deu um título universal à coisa e com a minha virose regressei ao leito, onde devo permanecer por mais 3 dias, prazo no qual o bicho que albergo deve realizar o check-out.

 

   De maneiras que é isto e isto será a minha passagem de ano, o que nem é coisa para me incomodar, afinal o meu daddy até já disse: "Deixa lá filha, eu jogo playstation contigo".

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.