Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

The King`s Speech (and the oscar goes to...)

 

   Falando dos mais falados:

   À "Rede Social" não lhe reconheço nada de "oscarizável". Vi o filme pela curiosidade de "ver" como surgiu uma das páginas da internet mais famosas dos últimos tempos, mas nunca sequer pensei que aquilo fosse filme para sequer ser nomeado para globos e óscares. Ainda assim, por lá está e pela nomeação espero que se fique.

   O "Black sawn" vi-o há uns 2 meses. Nunca tinha ouvido falar desse filme, mas um certo gostinho pelo balet fez-me carregar no play. Mais uma vez, fiquei surpreendida por vê-lo na lista dos nomeados, já que a certa altura tanta ilusão/alucinação tornou-se enfadonha e cansativa. Ainda assim reconheço o fantástico desempenho da Natalie Portman, a quem o papel de bailarina assenta que nem uma collant (não tarda nada estou a citar piadas dos gato fedorento, não que eu conheça alguma), e que, por isso, será uma justa vencedora.

   Agora o "King´s Speech" vai bem mais além deste dois supra-citados. Primeiro e principalmente, porque tem uma verdadeira história, que só por si faz parte "da História". Depois porque é muito mais interessante conhecer um rei incapaz de se expressar adequadamente do que conhecer o mais jovem bilionário do mundo. E depois, porque o Colin Firth tem um desempenho que está a séculos e séculos de distância de qualquer outro actor.

   I´ve already made my choices!