Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Histórias com gente dentro #1

 

   O Sr. M. tem 55 anos. Uma esposa, uma filha de 15 anos e um filho de 10 anos. Ao Sr. M. foi-lhe diagnosticada demência de Alzheimer aos 50 anos, de evolução galopante. O Sr. M. não sabe quem é a esposa, não sabe se a tem ou não, não sabe onde é a casa de banho e uma vez lá, só se lembra de como descarregar o autoclismo. O Sr. M. tem dias em que não se sabe expressar, não é capaz de nomear, nem sequer comer sozinho. Nos dias bons, como o de hoje, o Sr. M. é capaz de identificar letras, números e alguns animais. E lembra-se do P., que é o seu menino pequenino. Nos dias bons, o Sr. M. passa 40 minutos a falar de Salamanca, numa história que se resume a "quando eu fui a Salamanca...fui por ali e pronto ficou tudo resolvido". Em dias como o de hoje, o Sr. M. ainda se lembra como sorrir e diz-nos "a sra. é muito simpática e muito bonita". Mas só nos dias como o de hoje, que são os bons e são poucos. Nos outros, o Sr. M. não está cá, resta-lhe o corpo, cada vez mais propriedade de uma doença que mata o melhor de nós.

 

   O Sr. M. tem 55 anos, uma esposa e dois filhos pequenos.

1 comentário

Comentar post