Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Das pessoas especiais

 

 

   Não ligo a futebol. A verdade é que nem sequer me sento a assistir a um jogo de futebol. Já fui sócia do FCP, verdade, mas só porque era requisito obrigatório para quem frequentava as equipas de natação portistas. Assumo-me portista por influência familiar, quando era miúda gostava de ir até aos Aliados festejar as vitórias azuis e brancas, mas com a idade a coisa foi esmorecendo e hoje limito-me a saber aquilo que o meu pai me diz sobre futebol.

   Posso não gostar e não perceber absolutamente nada de futebol, mas sou fascinada por pessoas, principalmente pelas que marcam a diferença. Gostava do Mourinho e gosto independentemente da equipa que lhe pague o ordenado milionário. Gosto dele não enquanto treinador, porque essas potencialidades passam-me ao lado, mas enquanto pessoa capaz de tantos méritos que, ao que dizem, se deve muito mais a trabalho de balneário do que a treino técnico.

   E é por isto que gosto deste Villas Boas. Pelo trabalho fantástico que está a fazer na equipa portista esta época, mas sobretudo pela enorme capacidade que deverá ter de motivação e gestão do espírito de equipa com uma idade tão precoce em termos de experiência profissional. São estes os profissionais que há que valorizar. Nesta e noutras áreas, vamos encontrando seres especiais, capazes de colocar equipas lá no topo, fazê-los acreditar e lutar por um lugar entre as estrelas. Estes merecem ser notícia e aplaudidos.

1 comentário

Comentar post