Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Histórias com gente dentro #7

   O G. tem 2 anos e meio e sabe as letras todas, reconhece-as e identifica-as e até sabe que o M é de Mãe. Os números também não são problema e podemos pedir-lhe para contar até ao infinito e mais além. Como se não bastasse, as formas geométricas também são canja para ele e não há "triangalo", "rectangalo" ou "hexáganos" que lhes escapem. Na verdade, nem a "lipse" lhe escapa. Aliás, de nada me admiraria se amanhã chegasse lá e ele começasse a ler.

   E o G. fala muito mal, não gosta de brincar com os outros meninos, nem é capaz de realizar uma actividade não orientada ou sem a presença de um adulto ao seu lado. Chega a esta parte e eu fico preocupada com o G., que é ainda tão pequenino para rótulos ou diagnósticos complicados. Porque ele é uma criança complicada.

3 comentários

Comentar post