Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Here I go again on my own

 

 

   Finalmente me inscrevi num ginásio!

 

   Terminada a fisioterapia, vi-me quase obrigada a continuar a praticar exercício físico, sendo que as caminhadas diárias que faço e alguns exercícios na Power Ball não são suficientes para manter a minha coluna adormecida, vai daí lá tive de abrir os cordões à bolsa e inscrever-me e é óbvio que vou andar uns 3 ou 4 dias a chorar o dinheiro rídiculo que tive de lá deixar hoje +ara inscrições, seguros e mensalidade. Assim como assim, lá me hei-de habituar a este gasto extra.

 

   Hoje, pela primeira vez, experimentei uma aula de Pilates, afinal a minha intensa actividade física deve limitar-se a Pilates, natação e mais umas coisitas ligeiras na água. Diz o Sr. Dr. Achei giro, sim senhora. Uma espécie de yôga menos intensivo em persistência e mais intensivo em esforço. Coisa para me agradar, portanto.

 

   E agora lá iremos, duas vezes por semana, que sou uma rapariga que gosta de ter uns finais de tarde de dolce faire niente. A motivação está cá. E se não estivesse, o facto de pagar uma mensalidade, quase me obriga a sentir-me motivada.

1 comentário

Comentar post