Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Hem?

 

   Ontem, a conversa seguia animada na banheira de hidromassagens (sim, que isto de andar no ginásio nem só de sacríficio se vive). Lá estavamos duas crocodilas preguiçosas após a aula de hidro, quando chega uma terceira, que nunca havia visto mais gorda e que, por sinal, apresentava um inegável excesso de peso. Dizia então essa terceira crocodila que gostava muito de ali andar e que quando parava sentia a falta do exercício e blá, blá, blá, bolinhas para aqui, bolinhas para ali.

   A dada altura a crocodila número três apresenta importante reflexão: "Aqueles gordos daquele programa da Sic não foram para lá para emagrecer, foram para aprender a comer. Eu também ando numa nutricionista que me tem ensinado a comer. Por exemplo, de manhã tomava leite com cereais, mas ela disse que era pouco e deveria tomar algo mais consistente. E agora, como quase todos os dias ao pequeno-almoço um croissant com manteiga ou fimabre e um sumo de laranja".

   Não vim para casa descansada. Deveria ter-lhe perguntado o nome da dita nutricionista. Só para evitar um dia entrar no seu consultório...

1 comentário

Comentar post