Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Há um ano atrás...

  

 

  Iniciava esta minha nova caminhada profissional.

  Ainda me lembro do nervosismo do primeiro dia e da ansiedade e receios das primeiras semanas. Tudo era novo e tudo me parecia terrívelmente difícil, ao ponto de pensar "nunca serei capaz de dominar isto ou aquilo tão bem". A verdade é que hoje, 365 dias depois, domino isto e aquilo muitíssimo melhor do que naquele dia e do que alguma vez julguei chegar a dominar. Não fazendo balanços, até porque não lhes acho muita piada, apetece-me dizer que talvez tenha sido o melhor ano da minha vida, pelas experiências que me proporcionou e pelo tanto que me fez crescer pessoal e profissionalmente. Só tenho que me orgulhar e sentir satisfeita por neste ano ter ouvido apenas elogios ao meu trabalho e por manter a folha de "reclamações" em branco (acreditem que naquela instituição, com aquele presidente, é um verdadeiro euromilhões). Mas acima de tudo, tenho de me orgulhar, por todas as palavras maravilhosas e impagáveis que recebi dos meus utentes, principalmente dos mais idosos. Cada sorriso que lhes arranco é a maior das vitórias para mim. E, basicamente, o meu primeiro ano de trabalho nesta área é isso: sorrisos conquistados que, ainda que momentaneamente, marcaram alguma diferença na vida daquelas pessoas.

  Entrei por 6 meses, estou lá há um ano, por lá ficarei mais 6 meses e o futuro há que olhá-lo com a esperança de que daqui a mais um voltarei a escrever um post deste género, mas bem mais inspirado pela experiência.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.