Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

«Objecto Quase», José Saramago

 
O ditador caiu da cadeira, os árabes deixaram de vender petróleo, o morto é o melhor amigo do vivo, as coisas nunca são o que parecem, quando vires um centauro acredita nos teus olhos, se uma rã escarnecer de ti atravessa o rio. Tudo são objectos quase"", estes são, para José Saramago, os itens principais por onde move este conjunto de contos que constituem Objecto Quase.

 

 

__________________________________________________________________

 

    Um livro com 6 contos escritos bem ao jeito de Saramago. Embora uns mais interessantes que outros (gostei especialmente do "Coisas"), são todos eles facilmente "legíveis" e não deixam de constituir um excelente momento de leitura.

 

 

 

Segue-se um senhor que há muito queria conhecer: