Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Ossos do ofício

   Quando se trabalha com alguma da população com que eu trabalho é normal entrarmos em casas onde nos é tão difícil permanecer tal é a falta de higiene. Entre fortes odores (que com este calorzinho se intensificam loucamente) e alguma bicheza pouco adequada, há de tudo. Hoje foi dia de uma dessas visitas, com necessidade de me sentar numa cadeira que não sei bem se ainda era cadeira já que era necessario preencher alguma documentação. Se aos cheiros eu até me vou habituando e não é coisa para me causar grandes reacções, já a possibilidade de sair de lá com uns quantos amiguinhos a fazerem-me comichão leva-me ao desespero. E assim, não pensei noutra coisa a não ser enfiar-me num chuveiro, o que fiz assim que cheguei a casa. A roupa foi toda lavada isoladamente e eu esfreguei-me tanto que cheguei a recear deixar na banheira um pedaço de pele.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.