Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Por este andar, só o Inverno é que se safa

 
   Depois dos picos depressivos da Primavera e do Outono (eu já me começo a preparar para a quantida de "Ai que eu ando tão mal" que vou encontrar assim que o verão terminar), parece que também o Verão é responsável por alguns episódios depressivos. Diz que a culpa é do sol e das férias....como é possível, minha gente? Deprimir porque temos um sol maravilhoso a aquecer-nos a pele e deixar-nos usar roupas alegres e tão leves? Deprimir porque temos férias para desligar da rotina (mesmo que não se vá para lado nenhum, são férias! E nas férias não se trabalha!)? COm tantos motivos que já existem para deprimirem, ainda foram arranjar o coitado do Verão, que é cada vez mais curto e mais rápido a passar??? Bora lá arrebitar, que o Carnaval são três dias e o Verão 3 meses e é preciso aproveitá-lo como se não houvesse amanhã! Deixemos de querer os dias frios de Inverno, enrolados em mantas e mais mantas, de nariz vermelho e mãos gelados, a beber um chocolate quente e a ver uma comédia romântica ao Domingo à tarde! Viva o Verão! Viva a vida! E fora com as depressões! Fora com as desordens afectivas sazonais!!! 

 

 

1 comentário

Comentar post