Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

O drama repete-se


   A instituição onde trabalho tem dois momentos sociais importantes por ano: o jantar de beneficiência e a ceia de Natal. Estes dois momentos implicam uma indumentária especial: o primeiro uma coisa bem formal e "de gala" e o segundo uma coisa menos formal mas nunca informal, diria que um look mais cuidado do que no dia-a-dia.

   Acontece que isto para mim é sempre um drama. No jantar de beneficiência porque detesto comprar roupas que vou usar apenas uma vez (começo a ter um stock de vestidinhos de festa que nuncamais usei) e na ceia de Natal porque está excessivamente frio para levar o que gostaria de levar, de maneira que nunca sei o que comprar. Este ano não está a ser excepção...uma primeira tour pelo shopping deu em nada e sinto-me completamente desmotivada para um novo tour, principalmente quando vejo tanta coisa "to wear everyday" que gostaria de comprar e quando já começo a fazer planos e poupanças para os saldos...

   Restam 10 dias para me decidir.