Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

«O vale dos cinco leões», Ken Follett

 

Jane, uma inglesa corajosa e sensual, é apanhada num triângulo amoroso mortífero, entre os espiões rivais Ellis e Jean-Pierre. Amor, ódio e engano levam-nos de conspirações terroristas em Paris à guerra e aos guerrilheiros no Afeganistão.

____________________________________________________________________

   E assim está lido mais um de Ken Follett. A dada altura fiquei de tal forma envolvida pela história que acabei por o devorar nas últimas páginas.  Para mim, é este o segredo para um bom livro: prender-nos a ele com a sua história. Poucos o conseguem fazer, mas o que o fazem são leituras fantásticas, mesmo que não correspondam a grandes histórias.

   Agora, uma pequena pausa em Follet, para depois atacar as 1000 páginas d`A queda dos gigantes.