Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

O meu pai

   Os nossos pais são sempre os melhores do mundo. Mas o meu é especial, porque é só meu e eu não empresto a mais ninguém (manias de filha única). Corrigindo, o meu pai não é a melhor pessoa do mundo. Na verdade até tem muitos defeitos e um feitio para lá de mau. O meu pai é só o melhor do meu mundo. Não é o meu herói, porque esse papel pertence ao Winnie The Pooh, sim, o urso!, mas é o meu ídolo e o meu modelo para muita coisa importante na vida. Quando for grande quero ser como ele, mas em mulher e de saltos altos. Dispenso-lhe o gosto pelo ténis e pelo futebol, mas sempre poupo um pé e um cotovelo partidos (até ver!). Provavelmente nunca terei nem metade da sua cultura geral, muito menos saberei um terço da geografia que ele sabe, mesmo assim continuarei a ganhar-lhe no Trivial Pursuit e no Buzz, que, como ele, diiz, são jogos de cultura da treta. Pelo menos numa coisa sei que estou muitos pontos acima dele: já não vai a tempo de ler nem metade dos livros que eu já li...claro que terei de continuar a ouvir os seus comentários mordazes:"Margarida Rebelo Pinto? Quem é essa à beira de um Eça?". Tirando isto estou no bom caminho para lhe seguir os passos. Herdei-lhe o mau feitio, a preguiça, o gosto pelo sossego e pela solidão, o gosto pelo cinema, pela música e por observar os outros. Somos reservados, introvertidos, internalizadores, ambiciosos, lutadores e com um gostinho por comprar miminhos com o dinheiro que ganhamos com o nosso trabalho. E quando for grande quero ser grande como ele. Quero sentir-me orgulhosa por chegar onde cheguei, quero partir do nada e lutar pelo topo, quero ser respeitada profissionalmente por um percurso exemplar, quero poder sentir-me financeiramente segura porque dei o melhor de mim todos os dias, quero poder ser assim...pessoa completa, integra, cheia de defeitos mas amada pelos meus. 

   O meu pai é o melhor pai do mundo, porque me deu o mundo que hoje tenho e porque sei que até ao fim dos seus dias lutará para me dar o melhor do mundo. E é porque este é o meu pai, que eu sou e sempre serei, orgulhosamente, menina do papá!