Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Histórias com gente dentro

Sempre que passo naqueles semáforos está lá o mesmo homem de sempre, a pedir uma moedinha aos condutores apressados do centro da cidade que aguardam impacientemente pelo sinal verde. O senhor pede sempre uma moedinha, que raramente alguém lhe dá, e agradece sempre a falta de generosidade dos condutores, desejando um bom dia e muita saúde. Na segunda feira lá parei nós ditos semáforos e ele lá veio como é habitual, mas desta vez com uma variante no discurso. Dizia que faria anos daí a dois dias, tentativa de nos convencer mais facilmente a ceder a tal moedinha. Eu, e provavelmente 90% dos que lá pararam, não acreditamos naquela desculpa. Hoje voltei a parar nos ditos semáforos. Primeiro pensamento: deixa lá ver se o argumento ainda é o mesmo. E ele lá andava, a pedir a moedinha do costume, mas hoje acompanhado do bilhete de identidade e de um "é mesmo verdade, é mesmo verdade, faço anos hoje", enquanto apontava para o 14/08... não consegui deixar de sorrir. Tal como todos os dias, não lhe dei uma moedinha, mas desejei-lhe os parabéns, sem deixar de sorrir e de me lembrar que estas pessoas da rua também são gente honesta, que conseguimos conhecer quando nos libertamos dos preconceitos. Parabéns, senhor do semáforo. E um bem haja pela sua simpatia.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.