Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

«Noites Brancas», Fiódor Dostoiévski


   Um livro pequeno e de fácil leitura mas tão cheio de sentimentos e emoções. Desta vez temos uma personagem romântica, pirosamente lamechas diria mesmo, um sonhador apaixonado, que acaba também por ser o sofredor, como convém em todas as histórias de amor. 

   Segunda viagem por Dostoievski e cada vez mais curiosa em relação à obra deste escritor intemporal.