Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Estado em que se encontra este blog

   As semanas que antecedem o Natal são sempre um bocadinho mais trabalhosas e cansativas para mim, pois faço questão de tentar visitar todos os nossos idosos de apoio domiciliário para lhes dar um beijinho de Feliz Natal, ainda que para a maioria deles o Natal varie entre o trmpo de tristeza profunda e um tempo de indiferença.  De maneira que os dias passam a correr e chego ao final do dia com vontade de me enfiar numa caminha quentinha (sim, porque andar na rua com este frio, todo o dia, e a entrar em casas geladas é um verdadeiro desafio total) e desligar completamente de tudo e todos, tecnologias incluídas, ficando aqui um cantinho um pouco morto. Alias, se me dão licença,  vou até à minha cama que já grita desesperadamente por mim! 

1 comentário

Comentar post