Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

«Os da minha rua», Ondjaki

 

Há espaços que são sempre nossos. E quem os habita, habita também em nós. Falamos da nossa rua, desse lugar que nos acompanha pela vida. A rua como espaço de descoberta, alegria, tristeza e amizade. Os da Minha Rua tem nas suas páginas tudo isso.

__________________________________________________

 

   Nunca tinha ouvido falar deste autor até ele ganhar o Prémio José Saramago 2013. Como é óbvio, fiquei curiosa em conhecer a sua obra. Esta semana encontrei um dos seus livros (mais simples!) em formato livro de bolso e, por isso, bem baratinho, e achei que era o momento ideal para conhecer um pouco da sua obra.

   Este livro relata sobretudo momentos da infância do escritor, momentos esses que são relatados numa voz infantil (e por isso de muito fácil leitura) e muito, muito nostálgica. Sendo um autor angolano, é interessante detectar claras alterações da escrita relacionadas com a sua nacionalidade.