Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Long, long challenge

 Não, não é nenhum testamento. É mais um desafio da Closet, que prometeu ler até ao fim as minhas respostas. Por isso, aqui vai:

Parte 1

O que te choca: a violência contra humanos e contra animais. A mentira.

O que te arrepia: coçarem-me as costas :)
O que te excita: essa era boa, não? Quem tem de saber, sabe.
O que te solta: Eu própria, num daqueles dias em que me sinto...solta.

O que te faz rir: o lado bom da vida. O meu cavaleiro põe-me sempre a rir.  
O que te faz chorar:  demasiadas coisas, por sinal. Sozinha, sou uma lamechas.

O que te causa náuseas: Cheiro a peixe...então frito. Blagh...

O que te falta para seres feliz: não lamentando a vida que tenho, uma data de coisas, nomeadamente ligada à questão profissional.

O que te traz infelicidade: a desconfiança, a mentira, a desilusão.

O que te magoa: a desconfiança, a mentira, a desilusão.

O que desejas: sentir-me realizada.

O que receias: a infelicidade.

O que não queres perder: a minha vida e tudo o que ela representa.

O que queres alcançar: aquilo que desejo.

Uma data que abominas: dia dos namorados. Lol.

Uma festividade que adoras: o Natal, a véspera de Natal.

Uma qualidade que aprecie nas pessoas: o espírito positivo, a proactividade, a sinceridade.

Uma característica que abomine nas pessoas: cobardia.

Uma mentira que tenha dito: "Sou orgulhosamente portadora de toneladas de celulite"! Um momento de loucura.
Uma nostalgia: a minha juventude e tudo o que ela me proporcionou.

 

Parte 2

 

Vida: uma benção.

Amor: uma estrada sem fim, com muitos desvios e atalhos, construida pelos nossos sentimentos, actos e palavras.

Casamento: uma vida a dois.

Família: aqueles que ficam quando todos partem.
Dinheiro: roupinha, sapatos, viagens...importante, mas não fundamental.

Homem: o "meu chiquinho"! (tb conhecido por daddy cool, papi, ou só pai)

Mulher: Eu (e viva ao egocentrismo)

Desejo: Realizar-me

Sucesso: gostava de ter, sinceramente.
Profissão: Neuropsicóloga.

Saúde: muita, pf!

Internet: o meu blog e as minhas pesquisas nas bases de dados científicas.

Presente: vivido ao máximo.

Passado: lições, lágrimas, sorrisos, nostalgia...
Futuro: é já amanhã.

Politica: Sou do partido que tem vencido sempre: a abstenção. Nunca votei, não me cheira que alguma vez votarei. Até porque não tenho paciência para políticos, nem percebo patavina.

Brasil: o país dos reis das telenovelas.

Sexo: Um elemento do amor.

Arte: gostava de saber apreciar.

Opinião sobre o desafio em questão: Desta vez excedeste-te, não Closet?

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.