Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

A minha primeira vez com whey 100%

165-0020-963_detalhe1.jpg

  Há pouco mais de uma semana comecei a tomar whey após os meus treinos mais intensos. O motivo foi simples e confunde-se com o objectivo disto: facilitar a minha recuperação muscular entre treinos, tentando desta forma evitar perder mais peso. Ou seja, espero que ao dar um suplemento ao meu corpo, um extra para a recuperação, ele deixe de recorrer à minha massa gorda que já não é muita para conseguir uma recuperação eficaz. Por outro lado, queria evitar aquela sensação de cansaço no corpo no dia seguinte a um treino mais puxado. Apesar de ser muito raro ter dores musculares após os treinos, há dias em que acordo com a sensação de ter levado uma tareia (o que em certa medida até é verdade), com as pernas a pesar 50kg cada uma, o que dificulta depois a resposta do corpo num novo treino.

   Optei pela toma da proteína whey (no caso, da marca Optimum nutrition) por ser uma proteína isolada, uma proteína "pura", com valor muito baixos de hidratos de carbono e açucares e sem qualquer componente associado que contribua para a hipertrofia muscular ou aceleração do metabolismo para queimar massa gorda. Não quero ganhar músculo, não quero perder peso, quero apenas sentir que recupero melhor e não continuo a queimar aquilo que o meu corpo precisa para se sentir bem.

   Até à data as tomas são ainda muito poucas (até porque não tomo sempre que treino) mas notei já algumas diferenças, especialmente porque na mesma semana tenho treinos como toma e outros sem toma. Duas diferenças principais para ser mais específica: por um lado, quando tomo a proteína, o dia seguinte ao treino deixa de ser um dia mau. Dores no corpo, zero. Sensação de cansaço, zero. Parece que não fiz nada na véspera. E segundo, quando volto a treinar, sinto muito mais energia e uma melhor resposta do músculo, principalmente no trabalho que exige força muscular pura. Não sei se é coincidência ou algum efeito "placebo", mas que senti estas diferenças, senti.

   Não tenciono tomar isto eternamente ou tomá-la sempre que treino. Como disse, quero que me ajude a recuperar, por isso uso-a apenas quando puxo mais pelo corpo, até porque continuo a defender que a alimentação é a nossa melhor suplementação.

   Mais alguém por aí a usar whey?

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.