Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Ler: Fahrenheit 451

“- A minha mulher diz que os livros não são reais. - Graças a Deus por isso. Podemos fechá-los e dizer: Espera lá... Podemos ser Deus com eles.” [este livro foi escrito em 1953 e retratava uma realidade imaginada e futurista de 2022. Infelizmente só o li em 2018. E a cada página não consegui deixar de pensar como é possível que em 1953 alguém escrevesse algo que em 2018 faz todo o sentido. Todo. Pelos vistos em 1953 já se sabia que em 2022, que é já amanhã, iria faltar ao mundo uma boa dose de humanidade. Em 1953 este livro era de ficção científica quase! Em 2018 é assustadoramente possível. Um clássico obrigatório para todos os amantes da literatura!]

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.