Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Menos pedras e mais sorrisos

   Isso de juntarmos as pedras que encontramos no caminho para construirmos um castelo é uma grande treta. Já gostei disso. Já valorizei as coisas más que nos acontecem como licões e aprendizagens, numa de "o que não nos mata torna-nos mais fortes". Mas a vida e as pessoas têm me ensinado que o importante e o que realmente nos ensina a viver e continuar por cá apesar de tudo e em qualquer circunstância, são as coisas boas que a vida tem. 

   Não acreditando na felicidade plena, acredito em momentos felizes e cada vez mais acredito também que são esses instantes, esses momentos, que nos fazem, nos alimentam, nos ensinam a viver e nos permitem construir castelos ou muralhas ou fortalezas para enfrentarmos os momentos menos positivos que a vida também nos vais oferecendo. 

   Alimentar (alimentarmo-nos) das pedras no caminho não é viver; é carpir as nossas mágoas; é não avançar; é entrar numa espiral de lamentações e negativismo tão própria do ser humano que não nos permite avançar, não nos permite viver e não nos deixa valorizar esses momentos felizes que nos enchem os dias, a alma e coração. Por isso, esqueçam as pedras no caminho! Não se preocupem em juntá-las porque vos parecem excelente matéria prima para uma fortaleza humana e emocional. Agarrem nos momentos felizes, nas coisas boas da vida, nas pessoas, nos cheiros, nos sabores, nos sons, nos gestos, em tudo o que vos faz sorrir e construam-se enquanto pessoas satisfeitas, plenas, completas e capazes de enfrentar tudo e todos, sem castelos ou barreiras de pedras. O sorriso é, sempre, a nossa maior e melhor arma de guerra e de vida!

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.