Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Olha. Olha. Olha.

Olha. Olha sempre. Olha muito. Olha com olhos de tocar, com olhos de sentir, com olhos de abraçar, de amar, de odiar até. Ma olha. Nunca deixes de olhar. É pelos olhos que a vida acontece. Mesmo que estejas com eles fechados, mesmo que eles não consigam ver. É pelos olhos que a vida acontece.

Olha o espaço inútil entre o sonho e a realidade. Preenche-o. Tenta preenchê-lo com tudo o que és. Há dificuldades grandes para ultrapassar, momentos em que te vai apetecer não olhar. É nesses momentos que tens de olhar mais ainda, é nesses momentos que tens de abrir mais os olhos. Para veres o que podes fazer para passares a ver outra coisa. O segredo do sucesso é ver bem. Perceber quem tens à frente, quem tens ao lado, quem tens atrás. Tens de ver bem para escolheres bem, para decidires bem. Nem que doa, nem que custe, nem que apeteça não olhar. Olha. Olha sempre. 
Olha o que tens. E é tanto o que tens. É sempre tanto o que tens. Olha o que te ama. Olha quem te quer bem, quem te procura para ser feliz. Olha ainda a rua cheia, milhares de pessoas que podes conquistar. Arrebata. Nunca queiras menos do que arrebatar, nunca dês menos do que tudo, nunca entres numa qualquer tarefa se não for para devorar, para consumir, para lamber, para saborear sem deixar um único pedaço intacto. Olha com olhos de viver. Olha com olhos de querer, com olhos de raptar, com olhos, mesmo, de roubar. Rouba o mundo que te está destinado e rouba mais ainda o mundo que não te está destinado. Olha tudo o que puderes, tudo o que souberes. Os mais felizes são os que vêem melhor, os que vêem primeiro e mais rápido – e sobretudo os que vêem do lugar certo. Tudo tem um lugar certo para ser visto. Procura o teu. Todos os olhares têm um lugar feliz. Olha pelo ângulo exacto. Podes até cansar-te, fraquejar porque fraquejar é de homem. Mas nunca deixes de olhar. 
Levo da vida o que olhei. E quando fecho os olhos é o que olhei que me ocupa, que me mantém entretido enquanto a dor magoa cada vez mais e a morte se aproxima. 

 

"Prometo falhar", Pedro Chagas Freitas

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.