Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

"Óh filha. eu quero lá saber..."

  

   Em plena crise económica e recessão e etc e tal há conversas dignas de um post neste blog em pleno centro comercial:

     - O Bestido era meMo lindU. Mas custaBa 250 euros.

     - Óh filha eu quero lá saber. Eu quero é ter uma roupa "féshion".

    Ok! Não quer saber... mas deveria querer saber que ser "féshion" não é sinónimo de usar roupitas acima de determinado valor ou de determinada marca. E também deveria querer saber que essa história de crise económica é mesmo verdade e veio para ficar. E já agora, ser "féshion" é muito mais do que usar um vestido bonito. Saber estar e ser (e já agora falar) é tão ou mais importante. Ah! E fashionistas nunca, nunca, se passeiam no shopping de fato de treino.

 

Controla a má língua `Na. Envenenas-te no teu próprio veneno, lagartixa demasiado observadora.

By the way, não é o vestido dos 250, mas é lindo maravilhoso.

11 pernas em campo

 

  Em pleno jogo do SCP, jornalista para Carla Matadinho:

         - Achas que o Sporting tem pernas para ser campeão esta época?

         - Pernas tem. Só em campo estão ali 11 pernas...

   Ora bem, questiono-me se: 1) há uma perna a menos e então temos um pobre de jogador que anda para lá a correr só com uma pernita...ou então, 2) há uma perna a mais e ponho-me a pensar qual será a 11ª perna...

   É que ela já nem está loira.

Pai Natal da Moedinha

  

   E o que é que nós temos a fazer-nos lembrar o Natal em plenos semáforos??? Pedintes vestidos de Pai Natal a pedir uma moedinha enquanto esperamos pelo sinal verde...ele é o fatinho completo, o gorro com estrelinhas a cintilar, a barba branca e a cestinha da moedinha. Ora bem, o Natal é mesmo para todos e, pelos vistos, a moedinha dá para tudo e mais alguma coisa.

   Isto sim é espírito natalício!

   Estou ansiosa pelo dia de amanhã. Receio parar naquelas mesmos semáforos e encontrar o mesmo Pai Natal da moedinha com duas renas esfomeadas. É que aí não vou resistir...

Christmas is all around us!!!

 

(Mal posso esperar pela Páscoa! Acho que vai haver coelhinho nos semáforos. Que fófinho!)

 

Subsídio da ignorância

- Mas o subsídio de Natal é quanto?

- É outro salário.

- O QUê? Igual? Recebe-se duas vezes? A dobrar?

- Sim.

- Eu não sabia disso. Pensei que era só uma percentagem.

 

Mais um belo momento da minha bela ignorância...Vê-se bem que nunca recebi nenhum. E queres tu ser consultora de recursos humanos, não é? Keep learning young girl.

Identificação e os Ovos

 - "E o polícia chegou ao pé de mim e disse: dá-me a tua identificação e os ovos..." - relata um jovem estudante amante do tiro ao alvo, que é como quem diz, do tiro à ministra com ovos. 

   Ora bem, não se admirem que ver algures por essas estradas fora um Sr. Polícia a fazer operação STOP e "Muito bom dia! Os seus documentos e os ovos, por favor". É pra já senhor agente!

 

   A propósito dessas greves, protestos e batalhas de ovos...será que os jovens de hoje em dia não têm mais nada que fazer? E estudar, não? É que nunca estão bem com nada. Sim, a vida é dura e estudar é parte mais fácil de toda ela, acreditem. Vá, menos ovos e mais cabecinha, ok?

O dia imediatamente a seguir

 No final do noticiário num canal de televisão situado entre a RTP e a TVI, o Sr. Jornalista ensinou-me algo. Senão vejamos:

   -Vamos saber qual a previsão do estado do tempo para amanhã, dia 12 de Novembro, um dia mundialmente conhecido por ser o dia imediatamente a seguir ao S. Martinho...

   Ok...pois agora sei que para além dos dias festivos, temos os dias mundialmente conhecidos como sendo os dias seguintes a esses dias festivos!

   Ainda dizem que a vida não é uma festa!

Porque raio é que...

 ...nos auditórios as cadeiras têm aquelas "coisinhas cujo nome ignoro" que ao puxarmos servem de mesa de apoio a um caderno para escrevermos única e exclusivamente do LADO DIREITO, quando existem pessoas que escrevem com a mão esquerda, a quem essa tal "coisinha" não é nada nada útil, tornando a posição de escrita desagradável????

 

Pérolas do meu português

    - "Acho que se continuo a beber assim tanta água ainda vou parar aos Alcoólicos ANÓMICOS..." 

(by moi meme...)

 

   Está comprovado que a água causa efeitos nefastos e pôe em causa toda a nossa sanidade mental.

   A esta pérola seguiu-se mais um sinal preocupante de anomia (não alcoólica entenda-se), quando aqui a rapariguita se esforçou e esforçou por tentar dizer o nome daquela especialidade daquele senhor que dá a anestesia... "anestiosologista... anestesiologista... anesti... não... anestolo... caramba, o anestesista tem de ter uma especialidade!".

  

   Água a mais provoca humidade cerebral. 

E acha que a conversa cura alguma coisa?

  

   Ele é marido de uma doente Bipolar, tardiamente diagnosticada. Eles correram uma enorme quantidade de psiquiatras da zona Norte, em busca de respostas para as suas dúvidas e de qualidade de vida para a mulher. Num desses consultórios o marido sugere:

- "A minha esposa não deveria ser também acompanhada por um psicólogo, que lhe ajudasse a enfrentar o problema?"

   Ao que o excelentíssimo senhor doutor psiquiatra (está em letra minúscula propositadamente) responde, entre uma receita e outra:

- "E acha que a conversa cura alguma coisa?"

(subiu-me literalmente todo o sangue à cabeça)

   Ironicamente, foi um Psicólogo a primeira pessoa a explicar ao senhor que a esposa era doente Bipolar, a esclarecer-lhe todas as dúvidas, a ajudá-lo a lidar com a situação e a indicar-lhe a existência de uma associação de doentes bipolares.

 

   Sim. Atingiu o meu ego de psicóloga. Julguei que em pleno século XXI não existiam fundamentalismos como o acima referido, ainda para mais vindo de um "colega" que de profissional de saúde mental só deve ter mesmo o diploma.

   Não. A medicação não é a solução (embora fundamental em nuitos casos), muito menos a cura.

   E SIM! A "conversa" cura (os bons profissionais sabe disso...)

Uma questão de Fé

 

   O que me deixa realmente preocupada e impressionada (negativamente falando) é existir um Papa que reafirma orgulhosamente a sua posição e a da Igreja Católica relativamente ao uso de contraceptivos. Com um sorriso na cara, o representante máximo da Igreja vem, mais uma vez, apelar ao NÃO USO de métodos contraceptivos, afirmando que se deve controlar a taxa de natalidade através de métodos naturais (!!!). Será que é capaz de me explicar o que é isso de métodos naturais? Será tudo uma quastão de Fé (ah!só vai acontecer quando todas as forças superiores a nós assim acharem conveniente)?  Será que nunca ninguém lhe disse ou não terá já ele lido em qualquer livrito que esses famosos métodos naturais são 100%...falíveis? E de doenças sexualmente transmissíveis nunca ouviu falar? É que elas existem mesmo e não estou a ver qual o melhor método natural para as prevenir. Ou se calhar até estou…
    Não tomem isto como um ataque ao actual Papa (embora não nutra muitos sentimentos em relação a ele para além do respeito) ou à Igreja Católica - eu que ainda hoje passei por Fátima e pus uma velinha a arder-, mas não me conformo com estas mentalidades de século passado absorvidas pelo lema do “Crescei e multiplicai-vos”. É que com posições destas não me admira que muita gente se mostre cada vez menos católica.