Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Porta das lamentações

   Há uma coisa que me faz uma certa comichão nos neurónios. Não coisa pra me tirar o sono todas as noites, mas é coisa pra me pôr a pensar sempre que vou a uma casa de banho pública...calma! Não vem aí nada de obsceno ou de odor pouco agradável. Refiro-me a todo um conjunto de declarações de amor, insultos, contactos telefónicos e desenhos que embelezam as portas das nossas casas de banho públicas, desde escolas, shoppings e até mesmo universidades (este último preocupa-me dada a idade cronológica de quem as frequenta). É que eu nunca percebi o porquê da escolha daquele preciso local para tais desabafos. Ora bem, de que vale a Maria escrever na porta do WC das meninas que ama muito o Manel, se o Manel (supõe-se que) não vai lá entrar? Outra: de que vale escrever na porta da casa de banho das meninas que o João é um boi e isto e aquilo, se "Joãos" há muitos e nenhum deles frequenta aquele espaço? Meninas que insultam outras meninas por portas de casas de banho está no topo das minhas preferências. É que dada a descrição pouco pormenorizada dos alvos daquelas doces palavras até eu já me senti insultada e ofendida entre um chichizito e outro. Mas o que mais me agrada nessas visitas humanamente necessárias a estes cubículos é o "Hi5 WC Door". Qual lista telefónica de telemóvel topo de gama, qual MSN, qual Hi5, essa agência matrimonial do século XXI! Nada como um aliviar de bexiga (ou outros) para aumentarmos a nossa rede de contactos sociais. Já curioso é que este Hi5 WC door incentiva, maioritariamente,  à amizade com o mesmo sexo...embora também seja verdade que existem rapariguinhas que, em jeito de vingança atroz, colocam lá o número de um qualquer rapazito a quem deram demasiada importância e que no final se revelou parente próximo dos mais diversos animais. Para terminar, temos as intelectuais das casas de banho que adoram uma boa reflexão acerca das mais diversas áreas da vida e que não são fãs de cadernos, computadores ou essas modernices dos blogs e então fazem da porta a sua maior confidente.

   Resumindo, ir a uma casa de banho pública sempre foi, para mim, um divertido exercício de análise ao outro. Confesso que após tantos anos a frequentar esses locais, continuo sem perceber o que está por trás de tal comportamento de catarse humana. Ainda assim, vale pela animação que esses seres proporcionam entre o subir da saia e o puxar do autoclismo.

   Eu nunca escrevi numa porta de casa de banho...deve ser por isso que precisei de criar um blog...

 

   Elementos do sexo masculino esclareçam-me se nas vossas casas de banho também são presenteados com estas pérolas, por favor. Será isto mais um elemento de diferenciação de género?