Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Todos iguais

   E de repente parece-me que os senhores do governo começam a fazer algo de jeito. Até quando continuaremos a viver num mundo de preconceitos?

   A Igreja é contra. Outra coisa não seria de esperar. Os senhores padres (que educada que estou hoje) parece que andam para aí a dizer que vão apelar aos fiéis que não votem em quem defende esta "aberração contra natura". Querem instituição erguida em alicerces de preconceito, radicalismos e princípios que se mantêm desde o tempo em que o mar se abriu ao meio? Aqui a têm. Só é pena estarmos a falar daqueles que defendem a igualdade, o amor, a paz, a plenitude...no papel, está claro.

   Mas algo me diz que os senhores padres não têm muito com que se preocupar. Promessa de político de gravata vermelha (temos tido evoluções ultimamente para o verde e o azul) tende a não passar disso mesmo: promessa. E promessas, tal como palavras, leva-as o vento...