Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Para Sul outra vez, na despedida do Verão

swimming-pool.jpg

 

   É verdade, segunda visita deste Verão ao Algarve. A decisão foi de última hora, quase de véspera mesmo, por isso as opções tendo em conta os dias disponíveis, localização e preços não eram muitas (porque raio é que toda a gente se lembra de tirar férias em Setembro e enchem tudo quanto é avião para destinos de praia a preços acessíveis?).

   Serão 6 dias para nos despedirmos definitivamente da melhor estação do ano, num hotel onde já estive há 2 anos e que gostei bastante. Espero que o S. Pedro nos ajude a ter uns dias de descanso ao sol, entre praia e piscina. 

   Passa a voar. Até Domingo. 

Então e essas férias???

IMG_2571.JPGIMG_2573.JPGIMG_2586.JPGIMG_2633.JPG

 

IMG_2664.JPGIMG_2973.JPG

 

IMG_3021.JPG

IMG_3039.JPGIMG_3051.JPG

 

IMG_3096.JPGIMG_3112.JPG

 

IMG_3163.JPG

DSC08860.JPG

DSC08873.JPGDSC08877.JPGDSC08878.JPGDSC08889.JPG

DSC08980.JPGDSC08985.JPGDSC09038.JPGDSC09039.JPGDSC09052.JPG

DSC09147.JPGDSC09197.JPG

DSC09230.JPGDSC09238.JPG

DSC09291.JPG DSC09302.JPG

DSC09156.JPGDSC09158.JPG

DSC09161.JPG

DSC09165.JPG

DSC09167.JPG

    Maravilhosamente maravilhosas!

   Tal como já havia dito, este ano a escolha foi o nosso Algarve, que é talvez dos melhores destinos de verão que o mundo tem para nos oferecer. Muito sol e calor, com os termómetros sempre acima dos 30 graus como o verão pede, praia magnífica e sempre, sempre linda e um hotel que foi uma muito agradável surpresa.

   Ficamos no Club Hotel Riu Guarana, um hotel do grupo Riu, que funciona com regime de TI. Nunca me desiludi com um hotel do grupo Riu e este não foi excepção. Um resort bem ao estilo tropical, ao ponto de nos esquecermos que estavamos em Portugal, com espaços interiores e exteriores muito agradáveis, 3 restaurantes (com imensas opções super saudáveis para as nossas refeições), bares, discoteca, spa, ginásio, campos de ténis, futebol e voléi e zonas de piscina bem grandes com espaço para as 1500 pessoas que por lá se estendiam, com um plano de actividades de animação diárias para todos os gostos (e corpos!). Situa-se em Olhos de Água e rapidamente chegamos à praia a pé (pouco mais de 5 minutos) pela vila, o que dá o quadro perfeito para umas boas férias: praia boa e bonita e um hotel super confortável que nos oferece tudo e não nos deixa sentir aborrecidos.

   Foram 10 dias de descanso (não totalmente, já que apenas no último dia decidi não fazer qualquer tipo de actividade/ exercício físico - é tão difícil eu ficar quietinha o dia todo numa espreguiçadeira!!!), muito sol, muito bronze, muita leitura (foram 3 e mais um quarto começado!) e alguns passeios, especialmente um pequeno cruzeiro às grutas.

   E agora é aguentar a ressaca do regresso a casa e a depressão e o mau humor que o voltar à realidade sempre trazem. Ficam muitas recordações de muito bons momentose a vontade de regressar.

   Boas férias! Bom Verão!

 

 

 

De como me apaixonei novamente pelo Algarve

   Quando era miúda,as "férias de verão" eram sempre pelo nosso país. Começamos pela Póvoa de Varzim, quando era mesmo muito, muito pequenita, e depois, como a maioria dos portugueses, descobrimos o Algarve e por lá ficamos durante uns bons anos. Lagos foi a localidade escolhida durante cerca de 7/8 anos e nunca me cansei daquelas´férias. Mas depois descobrimos "o estrangeiro", ao mesmo tempo que o Algarve se deixou levar pelas massas e se tornou um local onde era caro passar férias, comparativamente com os preços oferecidos por outros destinos fora do nosso país. E assim lá nos metemos num avião à descoberta de ilhas espanholas (já tenho saudades de Maiorca, é verdade), praias do sul de Espanha, Tunísia, Bulgária, Cabo Verde...nunca senti saudades das férias por terras que são nossas, já que o que encontrava lá fora era sempre melhor ao que conhecia do Algarve.

   Este ano tive a oportunidade de passar férias fora e dentro do nosso país. Já havia regressado ao Algarve há cerca de 2 anos, para os dias em Monte Gordo, mas foi apenas este ano que eu fiz definitivamente as pazes com o sul do nosso país. Há qualquer coisa no ar alrgarvio que não há em mais nenhum lado. É um cheiro que nos preenche assim que vemos a placa "Algarve" e que não sentimos em mais local nenhum e que fica connosco mesmo depois de partimos. Tinha-o cá dentro desde as primeiras férias que passei por lá, há mais de 12 anos, e este ano pude recarregar os frasquinhos internos que nos acompanham. Há muito que um local de férias não me preenchia tanto como o Algarve o fez durante esta última semana. Há muito que não sentia o quanto é bom passar férias no nosso país, de falar na nossa língua, de comer as nossas comidas e conviver com as nossas gentes. E há muito que não via uma praia tão bonita como a prai de S. Rafael, eleita algures como a 4ª praia mais bonita do mundo!

   Conclusão: estou novamente rendida ao sul do nosso país e volto lá sempre que quiserem! Fico satisfeita por ter encontrado um Algarve a rebentar pelas costuras numa altura em que só se fala de crise e de ter percebido que a melhor zona turística do nosso país está finalmente ao nível de outros locais turísticas internacionais, em termos de qualidade, preços, hotéis, serviços, hospitalidade...

   Uma palavrinha especial para a região de Albufeira, por onde estive e que não conhecia. Agradou-me bastante vê-la tão limpa, tão organizada, tão apresentável, tão cheia de vida e alegria.

   Mais do que nunca, férias no nosso país, yes please! Obrigada Algarve por voltares a ser um lugarzinho especial cá dentro.

Old trips, same story

 

   Não gosto de fazer malas, seja para férias de Verão ou de Inverno, curtas ou prolongadas.

   Como sei eu hoje o que quero vestir nos próximos 7 dias?

   Pior! Sei lá eu se não me vai apetecer vestir uma qualquer outra roupa que não nenhuma das que levo na mala?

   Não gosto, pá! E a coisa não fica nada mais fácil com a idade e com a experiência.