Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Gelou

  

   Sabem o que é pior do que ter aulas até às dez e meia da noite de uma sexta-feira de temperaturas negativas em que a neve caiu onde não caia há anos e anos? É chegar ao carro e praticamente não ver o carro, mas sim algo em forma de carro coberto de gelo. Melhor, melhor é tentar abrir a porta e descobrir que esta não abre porque gelou! E quando finalmente conseguimos abrir a porta do condutor entramos e pensamos: e agora? não vejo absolutamente nada! Limpa para-brisas, esquece! Inúteis. Tentar abrir os vidros, esquece, estão colados com o gelo. Felizmente o namorado tinha dito "Leva o garrafa de água para deitares no vidro gelado". Ele nem deve acreditar que eu ouvi mesmo o que ele disse e levei a dita garrafa, que foi preciso partilhar com uns quantos outros vidros gelados. Conclusão: garrafa com água, um pouco útil. Bora lá ligar o ar condicionado no máximo do calor e esperar que isto derreta. E depois é um "salve-se quem puder" nos cruzamentos, porque os vidros não abrem, o gelo não derrete das janelas e eu não vejo um camião à minha frente. E lá vai ela todo o caminho a amaldiçoar o frio, o inverno, a neve, o gelo, as aulas à noite, aquela universidade e todos aqueles que se cruzam no seu caminho. 

   Ainda assim estou em casa, quentinha no meu quarto, o ar condicionado marca 26 graus e a caneca de chã "Sleep Well" (o que ela não faz por uma noite de sono fácil) repousa bem juntinho a mim. Já o carro ficou lá fora de castigo, no pátio, que é para aprender a abrir as portas e os vidros quando EU QUERO. E para aprender amanha bem cedo vais para o mecânico mudar o óleo. Toma lá.

   Boa Noite. Quentinha.