Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

Novo desafio para o meu corpo

74235907.JPG

   Este mês iniciei uma nova modalidade de treino. Quando treinamos há algum tempo e regularmente chegamos àquela fase em que o nosso corpo pede mais e diferente. Eu estava nessa fase. Continuava a ter a mesma determinação para treinar, mas sentia que precisava de mudar algo e de puxar mais pelo corpo sem ir para além dos meus limites e das minhas capacidades. A escolha foi Grit Series.

   Para quem não conhece, Grit é a mesma coisas que HIIT, ou seja o treino intervalado de alta intensidade. Dividido em 3 modalidades diferentes e específicas: Força, Plyo e Cardio, consiste em treinos de 30 minutos de intensidade máxima, com repetições de sequências de exercícios específicos, que devemos tentar repetir o número máximo de vezes que a nossa resistência permitir, intercalado com períodos mínimos de descanso. Dizem os entendidos que não se devem fazer mais do que 3 treinos por semana; eu estou a fazer duas vezes por semana, sempre combinado com outras aulas (BodyPump, RPM ou BodyStep) e basicamente é um tipo de treino que nos deixa completamente K.O. e nos dá a sensação de termos perdido um pulmão algures entre sequências ao mesmo tempo que o coração nos saltou pela boca durante mais uma série de burpees e sprints com flexões de palminha no ar. Quanto aos resultados, promete um aumento da força e massa muscular, desenvolve a potência, velocidade e força das pernas, aumenta a resistência muscular e potência a queima de calorias. Motivos mais que suficientes para eu estar a adorar, certo?