Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

1001 pequenos nadas...

...que são tudo, ou apenas esboços da essência de uma vida entre as gentes e as coisas, captados pelo olhar e pela mente livre, curiosa e contemplativa. Por tudo isto e tudo o resto: É PROIBIDA A ENTRADA A QUEM NÃO ANDAR ESPANTADO DE EXISTIR

O Guerreiro

...mas também sabemos comportar-nos como guerreiros. E um guerreiro está sempre consciente daquilo por que vale a pena lutar. Não entra em combates que não interessam, e nunca perde o seu tempo com provocações.

Um guerreiro aceita a derrota. Não a trata como algo indiferente, nem tenta transformá-la em vitória. Ele amarga a dor da perda, sofre com a indiferença, e fica desesperado com a solidão. Depois de passar por tudo isso, cuida das suas feridas e recomeça tudo de novo. Um guerreiro sabe que a guerra é composta por muitas batalhas; mas ele segue sempre adiante.
 
As tragédias acontecem. Podemos descobrir a razão, culpar os outros, imaginar como teriam sido diferentes as nossas vidas sem elas. Mas nada disso tem importância: elas já aconteceram, e pronto. A partir daí precisamos esquecer o medo que elas nos provocam, e das início à reconstrução."

 

(Monte Cinco, Paulo Coelho)